Vendas da Toyota crescem 2,7% no primeiro semestre de 2017

Vendas da Toyota crescem 2,7% no primeiro semestre de 2017 Foto: Divulgação Vendas da Toyota crescem 2,7% no primeiro semestre de 2017

A Toyota do Brasil alcançou, no fim do primeiro semestre de 2017, crescimento em vendas de veículos zero-quilômetro no mercado brasileiro. Com 87.779 unidades negociadas, a fabricante superou em 2,7% os números registrados em igual intervalo de 2016, com 85.457.

No que se refere à participação de mercado, a Toyota manteve a média de 8,6%, o que lhe garantiu o 6º lugar no ranking dos fabricantes.

O resultado se deve, principalmente, à sólida performance dos veículos líderes de vendas em seu segmento, como o Corolla, que emplacou 28.153 unidades, atingindo uma participação de 42,8% entre os sedãs médios; a picape Hilux, com 15.906 vendas e 32% de market share e a SW4, com 6.271 carros vendidos no período, o que lhe rendeu uma participação de 55,5% no segmento de SUVs médios.

sw4

hilux

Além disso, o Etios manteve o bom desempenho, evidenciado pela evolução do market share das versões hatchback e sedã. O modelo foi responsável por 6,6% de todas as vendas no segmento de hatches compactos (aumento de 1,3 pontos percentuais em relação a 2016). Já as vendas do Etios Sedan representaram 11,3% do total vendido na categoria de sedãs compactos (aumento de 1,6 pontos percentuais se comparado ao ano anterior).

toyota

Híbridos
O híbrido Prius, que teve sua quarta geração lançada em junho de 2016, vem obtendo forte desempenho de vendas. Neste ano, foram emplacadas no País 851 unidades do modelo híbrido mais vendido do mundo, representando um aumento de quase 380% em relação ao 1º semestre de 2016, o que lhe confere a liderança absoluta no segmento de híbridos no Brasil. Desde que o Prius começou a ser vendido em território nacional, no início de 2013, foram vendidas 1.990 unidades.

prius

Em junho, a Toyota também obteve performance superior em relação ao mesmo mês do ano anterior. Foram 16.064 emplacamentos da marca, acréscimo de 3,8% sobre as 15.475 unidades comercializadas em junho de 2016.

(Redação - Agência IN)