Que tipo de lixo deve ser reciclado?

  •  

Ouvimos sempre o quanto é importante reciclar materiais. Mas muitas vezes o que pode ser reciclado não fica muito claro. Abaixo, confira algumas dicas do que pode ser encaminhado para a coleta seletiva e o que deve ir para o lixo comum:

Papel:

O que recicla - Papéis de escritório, papelão, caixas em geral, jornais, revistas, livros, listas telefônicas, cadernos, papel cartão, cartolinas, embalagens longa-vida, listas telefônicas, livros.

O que não recicla - Papel carbono, celofane, papel vegetal, termofax, papéis encerados ou plastificados, papel higiênico, lenços de papel, guardanapos, fotografias, fitas ou etiquetas adesiva.

Plástico:

O que recicla - Sacos, CDs, disquetes, embalagens de produtos de limpeza, PET (como garrafas de refrigerante), canos e tubos, plásticos em geral.

O que não recicla - Plásticos termofixos (usados na indústria eletro-eletrônica e na produção de alguns computadores, telefones e eletrodomésticos), embalagens plásticas metalizadas (como as de salgadinhos), isopor.

Vidros:

O que recicla - Garrafas de bebida, frascos em geral, potes de produtos alimentícios, copos.

O que não recicla - Espelhos, cristais, vidros de janelas, vidros de automóveis, lâmpadas*, ampolas de medicamentos, cerâmicas, porcelanas, tubos de TV e de computadores.

* O ideal é que esse material seja embalado e descartado em locais que encaminhem para a descontaminação.

Metais:

O que recicla - Latas de alumínio (refrigerante, cerveja, suco), latas de produtos alimentícios (óleo, leite em pó, conservas), tampas de garrafa, embalagens metálicas de congelados, folha-de-flandres.

O que não recicla - Clips, grampos, esponjas de aço, tachinhas, pregos e canos.

Fonte: Agência Brasil

(Redação - Agência IN)

Última modificação emSegunda, 20 Janeiro 2014 19:39