Vale a pena ser um corretor de imóveis autônomo?

Vale a pena ser um corretor de imóveis autônomo? Foto: Divulgação Vale a pena ser um corretor de imóveis autônomo?

A carreira de corretor de imóveis atrai por conta das altas comissões e do horário mais flexível. Diversos profissionais, no começo da carreira, almejam cargos em grandes incorporadoras. Já aqueles que possuem um espírito empreendedor também são atraídos pela possibilidade de trabalhar como autônomo, gerindo seu próprio negócio.

Escolher a carreira de corretor de imóveis autônomo pode ser uma excelente opção, mas não é a ideal para todos. Antes de se decidir, veja algumas perguntas que você deve fazer!

Você é uma pessoa organizada? 
Como a sua carreira dependerá apenas de você e não de uma empresa maior cuidando das burocracias, é necessário ter um bom nível de organização. Nesse quesito, a organização diz respeito a todos os processos: saber separar bem o seu tempo, cuidar dos documentos… Se você possui um perfil mais indisciplinado, a dica é corrigir essa característica antes de ingressar na carreira.

Você é bom em autogestão? 
A autogestão é um dos quesitos mais importantes para qualquer profissional que deseja trabalhar por conta. Além de ter uma boa organização, também é preciso saber como ter iniciativa, controlar os seus próprios prazos e cumprir as tarefas no tempo certo. Se você consegue trabalhar sozinho sem ter alguém te cobrando, a carreira de autônomo é ideal para você.

Você possui algum dinheiro para investir? 
Pesar a situação financeira é um dos primeiros pontos ao escolher a carreira de autônomo, pois, além de precisar de algum dinheiro para se manter nos primeiros meses, até o negócio começar a lucrar, você será o responsável por arcar com todos os custos.

Por isso, é necessário colocar na ponta do lápis as despesas que você terá com estrutura, internet, telefone, software para imobiliária e anúncios de divulgação, além de certificar-se que é possível assumir todos os custos.

Você conta com uma carteira de clientes? 
Essa pergunta revela o por que de corretores mais experientes atuarem como autônomos. Para conseguir sucesso na carreira, é necessário já ter alguns contatos de clientes e uma certa vivência no mercado imobiliário. Porém, não é apenas o tempo de carreira que conta no momento de fazer novos negócios. Se você é um corretor jovem, mas possui facilidade para encontrar clientes, tem uma boa oratória e sabe como fidelizar seu público, pode apostar nessa carreira sem medo!

(Redação - Agência IN)