Brasil abre 56.151 novos postos de trabalho em março

O mês de março registrou a abertura de 56.151 novos postos de trabalho no Brasil, um aumento de 0,15% em relação ao estoque de fevereiro. O resultado é decorrente de 1.340.153 admissões e de 1.284.002 desligamentos. Os dados estão no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho, divulgado nesta sexta-feira (20).

Indicador Antecedente de Emprego recua em março

O Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp), da Fundação Getulio Vargas, caiu 1,9 ponto, em março, para 107,7 pontos, devolvendo a alta do mês anterior. Mesmo com este recuo, em médias móveis trimestrais, o indicador manteve a tendência ascendente (0,2 ponto).

Brasil abre 61.188 novos postos de trabalho em fevereiro, segundo Caged

Fevereiro registrou a abertura de 61.188 novos postos de trabalho no Brasil, um aumento de 0,16% em relação ao estoque de janeiro. É o melhor resultado para o mês desde 2016 e o segundo resultado positivo do ano na criação de vagas, decorrente de 1.274.965 admissões e 1.213.777 desligamentos. Os dados estão no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho, divulgado nesta sexta-feira (23).

ART IT tem 12 vagas abertas para profissionais de tecnologia

A ART IT - especializada em soluções e serviços de TI - está buscando profissionais de tecnologia para preencher 12 vagas nas cidades de São Paulo, Campinas, Cajamar e Barueri (SP). A empresa busca profissionais com experiência anterior no cargo em questão e disponibilidade para atuar na cidade em que a vaga está aberta.

Empregos formais nos supermercados de São Paulo fecham 2017 com o maior número já observado para o setor

Apesar do Brasil ter fechado 2017 com a maior taxa de desemprego da sua história, o setor supermercadista foi na contramão do país e encerrou o último ano com o maior número de empregos formais já observado. A Associação Paulista de Supermercados (APAS) analisou os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, e constatou que os supermercados do estado de São Paulo fecharam 2017 com 530.233 colaboradores contratados.

  • Publicado em Economia

Indicador antecedente de emprego avança em janeiro

O Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp), da Fundação Getulio Vargas, subiu 0,7 ponto, em janeiro, para 107,7 pontos. Após o quinto avanço consecutivo, o indicador sinaliza aceleração no ritmo de recuperação do mercado de trabalho.

  • Publicado em Economia

Atacado paulista abre mais de 5,8 mil postos de trabalho

Em novembro, o comércio atacadista no Estado de São Paulo abriu postos de trabalho pelo oitavo mês consecutivo. Foram criados 1.137 empregos com carteira assinada, resultado de 14.011 admissões e 12.874 desligamentos. Assim, encerrou o mês com um estoque ativo de 500.159 vínculos trabalhistas formais, crescimento de 1,2% em relação a novembro de 2016. O número total de empregados com carteira assinada do setor não ultrapassava a barreira dos 500 mil trabalhadores desde novembro de 2015. No acumulado de dezembro de 2016 a novembro de 2017, 5.836 vagas foram abertas.

  • Publicado em Economia

Caged confirma melhora do mercado de trabalho em 2017

O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) de 2017 confirmou a melhora do mercado de trabalho formal brasileiro. Segundo números apresentados nesta sexta-feira (26) pelo Ministério do Trabalho, o resultado acumulado do ano – equivalente aos últimos 12 meses –, indicou o fechamento de 20.832 vagas, uma redução de apenas 0,05% em relação ao estoque de dezembro de 2016. “Para os padrões do Caged, esta redução em 2017 é equivalente à estabilidade do nível de emprego, confirmando os bons números do mercado na maioria dos meses do ano passado e apontando para um cenário otimista neste ano que está começando”, afirmou o ministro do Trabalho substituto, Helton Yomura.

  • Publicado em Economia
Assinar este feed RSS