Investir na organização de tempo ajuda candidatos que almejam carreira pública

  •  
Investir na organização de tempo ajuda candidatos que almejam carreira pública Foto: Divulgação Investir na organização de tempo ajuda candidatos que almejam carreira pública

Decidir entrar numa carreira pública não é sempre fácil, mas o começo pode ser a pior parte, já que montar um cronograma ou plano de estudos é a primeira e principal tarefa: Quando devo estudar? Quanto tempo estudo cada matéria? Quando eu devo revisar? E os exercícios, deixo para o final da semana ou do dia?

Além dessas dúvidas clássicas, existe outro problema: montar um plano de estudos que esteja de acordo com a sua realidade. Afinal, se você faz curso a distância, ou trabalha, o seu plano deve ser diferente de quem está em casa por um período integral.

Defina sua rotina
Esse é o momento de descobrir quanto tempo você tem disponível para estudar e ver quais as suas prioridades e cortar algumas atividades em prol dos estudos. Esse momento é fundamental para que você se conheça e planeje uma rotina a longo prazo.

Abra sua planilha do Excel, marque seus horários de forma detalhada, com cada horário, especificando as atividades do dia e quanto tempo cada uma leva, incluindo o tempo de estudo e descanso.

Objetivo
No nome da planilha, e em diferentes locais que você fixa o olhar durante o dia, como seu computador e a tela do seu celular, escreva seu objetivo, por exemplo: Passar no Concurso TRT 11. Assim você sempre vai se lembrar do motivo pelo qual está estudando e se esforçando tanto. Procure em redes sociais por candidatos que já fizeram essa prova e passaram e peça dicas a eles.

Sono e aprendizado
Descanse e durma bem. Desligue todos os aparelhos eletrônicos e deixe o quarto escuro. Ter 8 horas de sono por noite é essencial para acordar bem disposto e assimilar bem os conteúdos.

Lazer 
Faça pausas. Saia com seus amigos, veja um filme ou dê uma volta. O cérebro, como qualquer outro músculo do corpo, continua recebendo informações e consolidando as informações na memória. Além disso, se você não descansa, com o tempo pode começar a gerar uma estafa mental, que prejudica sua concentração.

(Redação - Agência IN)