Diminui o índice de satisfação dos brasileiros no trabalho

Diminui o índice de satisfação dos brasileiros no trabalho (Foto: Divulgação) Diminui o índice de satisfação dos brasileiros no trabalho

O número de brasileiros satisfeitos com o trabalho vem caindo com o passar dos meses. Uma pesquisa divulgada pela multinacional holandesa de Recursos Humanos, Randstad, em dezembro, apontou que 71% dos trabalhadores do País estão felizes em suas atividades profissionais. A edição do mesmo estudo, publicado em setembro, por outro lado, trazia o total de 76%. Entre os dois levantamentos é possível observar uma redução de 5% no nível de satisfação.

Esses 5% migraram do grupo dos satisfeitos para o dos neutros, que passou de 15%, em setembro, para 20% em dezembro. A queda dos satisfeitos representa, principalmente, um sinal de que uma parte das pessoas que estavam contentes em suas atividades laborais está se sentindo desmotivada e respondeu desta vez que são “neutros”. O total dos muito insatisfeitos, no entanto, manteve o mesmo patamar anterior, que era de 9%.


Os países com maior índice de satisfeitos são Estados Unidos (84%) e México (83%). Nesses lugares, as pessoas que se disseram muito insatisfeitas alcançaram 5% e 6%, e Neutros 10% e 11%, respectivamente. Na outra ponta da lista está o Japão, com números curiosos em todos os aspectos. Os satisfeitos somam apenas 44%, neutros 31%, muito insatisfeitos 21% e 4% não souberam responder.


A pesquisa da Randstad entrevistou, em cada um dos 33 países que fazem parte do projeto, ao menos 400 profissionais empregados com idades entre 18 e 65 anos, nos meses de outubro e novembro. O estudo foi divulgado pela organização em dezembro de 2016.

(Redação - Agência IN)