Conheça em 2017 os destinos mais visitados este ano

Conheça em 2017 os destinos mais visitados este ano Foto: Divulgação

O final do ano se aproxima e muitas pessoas já começaram a planejar as viagens que serão realizadas em 2017. Nada mais sagaz do que se antecipar, reflete Patrick Nogueira, CEO do site PassagensAéreas.com.br. “Fazer a compra de passagens com antecedência pode resultar em uma economia de até 30%, dependendo do caso”.


Em um levantamento feito pela ferramenta do site PassagensAéreas.om.br, que encontra promoções diretamente do banco de dados das companhias aéreas, foram apontados os destinos nacional e internacional mais procurados, assim como as melhores datas para se programar em 2017. Confira as duas principais rotas encontradas:

Salvador
O destino nacional mais visitado do ano é perfeito para quem gosta de calor, natureza, cultura e muita festa. A cidade é rica em patrimônios naturais e materiais, desde casarões do século 17 até praias paradisíacas no litoral norte. Divida-se entre a cidade Baixa e a cidade Alta e conheça pontos importantes da história baiana como o Pelourinho e Elevador Lacerda.

Não deixe de experimentar pratos típicos como acarajé e vatapá. Aproveite essa imersão na Bahia com passagens, ida e volta, a partir de R$ 604,19 (com taxas inclusas) saindo de São Paulo no mês de janeiro.

Nova Iorque
Se esse destino parecia difícil de conseguir neste ano, agora em 2017 você terá a chance de garantir a viagem internacional dos sonhos. Com inúmeros pontos turísticos, a cidade acolhe todo tipo de viajante. 

Com muitos museus e programas culturais, não deixe de visitar o MET (Metropolitan Museum of Art) para se surpreender de perto com obras de Picasso a Rembrandt. Conheça os bairros com as marcas mais famosas do mundo, como Soho e Quinta Avenida.

Não se esqueça de visitar o Empire State e de passar um fim de tarde no Central Park, palco de várias séries e filmes. Essa cidade infinita pode ser visitada a partir de R$ 3.133,36 (com taxas inclusas), ida e volta, saindo de São Paulo no mês de Abril.

(Redação - Agência IN)