BC reabre exposição “A Persistência da Memória”

Carnaval - Di Cavalcanti Foto: Divulgação Carnaval - Di Cavalcanti

O Banco Central reabriu hoje a exposição “A Persistência da Memória”, em sua Galeria de Arte. A iniciativa integra a 15ª Semana Nacional de Museus, que acontece de 15 a 21 de maio. A exposição está dividida em seis módulos. O primeiro módulo, chamado de “Brasil Brasileiro”, apresenta um panorama das artes no Brasil entre a Semana de Arte Moderna de 1922 e a segunda guerra mundial, tratando da busca dos artistas da época em criar uma arte essencialmente brasileira e estabelecer uma identidade nacional.

 

Em setembro será exposto o segundo módulo, “Entre a Figuração e a Abstração”, que apresentará as variantes da abstração no Brasil e sua tensa relação com o figurativismo, acirrada a partir dos anos 1950. Para ilustrar essa etapa das artes brasileiras estarão obras dos artistas Vicente do Rêgo Monteiro, Maciej Babinski, Milton Dacosta, Aldo Bonadei, Alfredo Volpi, entre outros.

Local: Galeria de Arte do Banco Central (SBS, Quadra 3, Bloco B, Ed. Sede do Banco Central).
Horário de funcionamento: De terça a sexta, de 10h às 18h.
Acesso: O visitante precisa apresentar documento com foto para ter acesso à exposição.

(Redação - Agência IN)