1,4 mil travestis e transexuais já solicitaram a inclusão do nome social no título de eleitor

Um levantamento realizado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) revela que, até a última semana, 1.465 travestis e transexuais haviam solicitado à Justiça Eleitoral a inclusão de seus nomes sociais no título de eleitor. Além disso, 791 eleitores pediram a alteração de sua identidade de gênero no Cadastro Eleitoral. Os pedidos começaram a ser apresentados aos cartórios eleitorais no dia 3 de abril. 

Datafolha: Lula aparece na frente, seguido por Bolsonaro e Marina Silva

O Instituto Datafolha divulgou no domingo (15) uma pesquisa sobre as eleições 2018 comparando diferentes cenários e analisando a chance de os candidatos à Presidência chegarem ao segundo turno. Pelos dados, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera com 31% das intenções de voto, seguido pelo deputado federal Jair Bolsonaro (PSL), com 15% e pela ex-ministra Marina Silva (Rede) com 10%.

Diário Oficial publica exoneração de ministros

O Diário Oficial da União de hoje (6) publicou a exoneração de ministros do governo do presidente Michel Temer que deixam o cargo para se candidatar nas eleições 2018. A lei eleitoral prevê que os ministros que quiserem concorrer nas eleições têm até amanhã (7) para deixar os cargos, na chamada desincompatibilização.

Especialista da FGV explica os impactos da tecnologia nas eleições

Os algoritmos e a inteligência artificial estão presentes em praticamente todo nosso dia, em ações que tomamos, em boa parte do que assistimos e consumimos. É um mundo de informações que influenciam nossa tomada de decisão, sem que, muitas vezes, tenhamos conhecimento. E que podem ter impactos diretos em nossa vida e em toda a sociedade.

Eleições 2018: saiba para quem o voto é facultativo e obrigatório

No próximo dia 7 de outubro, cerca de 147 milhões de eleitores poderão manifestar sua vontade política nas urnas ao votar nos candidatos à Presidência 2018, governador e vice-governador, senador e deputados federais e estaduais/distritais. A Constituição Federal prevê que a soberania popular será exercida, entre outros, “pelo sufrágio universal e pelo voto direto e secreto, com valor igual para todos”, porém o voto é facultativo para algumas categorias de eleitores.

Assinar este feed RSS