Novo pede mais uma vez para TSE barrar Lula no horário eleitoral

O Partido Novo reforçou o pedido ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para barrar a participação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no horário eleitoral. O pedido de registro de Lula é alvo de 16 contestações no TSE, sendo uma delas do Novo, que lançou o empresário João Amoêdo na corrida pelo Palácio do Planalto.

TSE julga até 17 de setembro ações contra candidaturas à Presidência

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deve julgar até 17 de setembro se aceita ou não os registros de todos os candidatos à Presidência da República. Entre os fatores a serem analisados estão as contestações feitas por terceiros, que este ano foram apresentadas contra as candidaturas de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Geraldo Alckmin (PSDB), Jair Bolsonaro (PSL) e Henrique Meirelles (MDB).

Assinar este feed RSS