PCdoB tenta unir a esquerda para concorrer no 1º turno

  •  
PCdoB tenta unir a esquerda para concorrer no 1º turno Foto: Divulgação

O PCdoB está trabalhando para unir os partidos de esquerda nessas eleições. O aliado histórico do PT em pleitos há três décadas afirmou que não acredita que Lula possa concorrer ao cargo de presidente do Brasil e, com isso, decidiu juntar o PDT, de Ciro Gomes, e o PT, de Lula, entre outros partidos que apoiem os esquerdistas.

O PCdoB tem este ano o nome da deputada estadual Manuela D'Ávila (RS) para confirmar a candidatura. No entanto, a legenda indica que poderia abrir mão em prol da união entre PT, PDT e PSB para a disputa presidencial.

Em um comunicado emitido no final das reuniões do partido, este fim semana, a sigla disse querer "a unidade, já no primeiro turno, para vencer as eleições".
Segundo o comitê central do partido, a estratégia política é alcançar a vitória eleitoral já no primeiro turno, o que significa que os partidos devem marchar unidos desde agora.

O PCdoB indicou algumas questões que precisam ser definidas antes dessa tomada de decisão e agora estudará todas elas para definir se, de fato, farão essa junção dos partidos ou se a legenda lançará Manuela como candidata.

(Redação - Investimentos e Notícias)