Lula aceita ser pré-candidato do PT nas eleições de outubro

  •  
Lula aceita ser pré-candidato do PT nas eleições de outubro (Foto: Divulgação) Lula aceita ser pré-candidato do PT nas eleições de outubro

O ex-presidente Lula anunciou ontem, 25, que aceitará ser pré-candidato à presidência pelo PT nas eleições de outubro. “A minha candidatura só teria sentido se vocês fossem capazes de colocar o povo na rua. E foi o que aconteceu. Por isso, hoje é o dia do aceito”, disse.

Lula ainda agradeceu as manifestações que aconteceram em todo o país em defesa de sua candidatura e da democracia. “Temos uma arma muito poderosa, que é cobrar deles [os juízes do TRF-4] todo dia onde está a prova, onde está o crime, que quem quer condenar alguém tem que ser por algo concreto”, afirmou o ex-presidente, um dia depois de o Tribunal Regional Federal da 4ª Região confirmar a sua condenação, mesmo sem crime e sem provas, em ato de lançamento de sua pré-candidatura, na sede da CUT, em São Paulo.

Lula acredita que o placar de três a zero na 8ª Turma do TRF-4 não foi contra ele, mas sim o julgamento da forma como ele governou o País, criminalizando a organização política que colocou os pobres no centro do debate econômico. “Os juízes podem até ter ganhado no Jornal Nacional, mas sabem que perderam na consciência do povo brasileiro”, garantiu.

Durante o evento, o ex-presidente avaliou que os ataques a ele e a Dilma foram contra as medidas inclusivas de seus governos: “O que me deixa indignado é que somos vítimas de uma trama premeditada, que bateu na tecla da corrupção. É isso que coloca minha honra a flor da pele e não posso aceitar que qualquer canalha me chame de ladrão. Mas minha melhor proteção é minha inocência. E o PT não iria querer um candidato que tivesse roubado. Por isso, duvido que algum dos três juízes esteja com a consciência tranquila”, finalizou Lula.

(Redação – Investimentos e Notícias)