Collor oficializa pré-candidatura à Presidência da República

  •  
Collor oficializa pré-candidatura à Presidência da República (Foto: Divulgação) Collor oficializa pré-candidatura à Presidência da República

Ontem, 06, o senador Fernando Collor de Mello oficializou sua pré-candidatura à Presidência da República. “Sabia que o desafio era grande. Que urgia romper as amarras de antanho. E que, para tanto, teria que confrontar inúmeros interesses, diversas corporações e uma infinidade de privilégios, a começar pela própria máquina administrativa do Estado”, disse Collor.

Segundo o senador, em 1990 e 1992 ele conseguiu promover uma mudança de paradigma em praticamente todos os setores e nortear o rumo do país. “Foi o que fiz. Em apenas 2 anos e meio, em que pese a grande dificuldade de parcerias, de apoio político, e as previsíveis resistências enfrentadas de diversos segmentos sociais e econômicos. Reduzi o aparato estatal em seus diversificados níveis. Enxuguei a máquina administrativa. Abri econômica e comercialmente o Brasil para o mundo. Quebrei monopólios, privilégios, reservas de mercado. Enfrentei grandes grupos econômicos e poderosos políticos da época”, ressaltou.

Collor afirmou que tirou o Brasil do atraso. “Imprimi avanços em demandas sociais, como saúde, educação, assistência social e meio ambiente”, declarou. Além disso, o senador declarou que a partir de agora, sua pré-candidatura ao Planalto está submetida ao julgamento isento, maduro e democrático da população brasileira. 

Vale lembrar que Collor foi o 1º presidente a ser afastado temporariamente por 1 processo de impeachment no país. E ele renunciou horas antes de ser condenado pelo Senado por crime de responsabilidade.

Candidatos à presidência: veja aqui quem poderá disputar as eleições 2018.

(Redação - Investimentos e Notícias)