Cervejaria Ambev deixa de produzir 1.9 bilhão de garrafas PET

A Cervejaria Ambev, dona de marcas como Skol, Brahma, Antarctica e Guaraná, deixou de produzir mais de 1.9 bilhão de garrafas PET nos últimos seis anos. No período, mais de 94 mil toneladas de material virgem, ou seja, que seria gerado apenas para produção das embalagens PET, abriram espaço para novas garrafas feitas de material reciclado, o equivalente ao lixo gerado por mais de 245 mil pessoas em um ano.

Soya Recicla contabiliza 5 mi de litros de óleo reciclados

Com mais de uma década de existência, o Soya Recicla se consolida como o maior programa de mobilização e coleta voluntária de óleo vegetal do Brasil. Entre 2006 e 2017, o programa da Bunge South America, uma das maiores empresas de agronegócio e alimentos do mundo, atingiu a marca de mais de 5,3 milhões de litros de óleo coletados e reciclados – destes 4,8 milhões foram destinados à produção de biodiesel – e 4 milhões de embalagens Soya eq. recicladas, o que corresponde a mais de 80 toneladas de plástico.

Abrafiltros supera meta de reciclagem de filtros do óleo

O Programa Descarte Consciente Abrafiltros, de logística reversa dos filtros usados do óleo lubrificante automotivo realizado no Paraná pela Abrafiltros – Associação Brasileira das Empresas de Filtros e seus Sistemas – Automotivos e Industriais, superou mais uma vez a meta estipulada. Em 2017, foram reciclados 243.235,54 kg, acima da meta estabelecida em 240.600 kg.

São Paulo, Rio de Janeiro e Recife ganham máquina que recicla garrafas de vidros

Uma máquina que recebe garrafas de vidro usadas e em troca dá descontos em contas de luz, passagens de ônibus ou livrarias. Assim funciona o novo modelo da Retorna Machine, uma solução tecnológica que incentiva atitude sustentável e recompensa o cidadão pela colaboração com a logística reversa. O equipamento criado pela Triciclo foi pensado em conjunto com a Owens Illinois (O-I), líder mundial na fabricação de embalagens de vidro, e implantado nas três fábricas e no escritório matriz da empresa no Brasil.

Reciclagem do concreto pode beneficiar o meio ambiente

Começar e terminar uma obra pode parecer simples, mas além de pensar em todos os produtos a serem utilizados, a preocupação com a sustentabilidade do processo não deve ser deixada de lado. Um dos problemas enfrentados nas construções é o descarte dos materiais, em especial do concreto, que deve ser dispensado de forma consciente, para não causar impacto ambiental.

BIO5 investirá R$ 500 milhões para reciclar 20% de todos os pneus descartados

O futuro do transporte mundial parece estar definido e deverá ser através dos carros elétricos. Isso reduzirá consideravelmente nas próximas décadas os carros a combustão e consequentemente a queima de combustível fóssil, como o petróleo, poluente e finito. Entretanto, um outro complexo problema continuará existindo: os pneus. 

Em dois anos, Arueira Ambiental recicla 2,5 mil Ton de lixo

O movimento de uma gangorra caracteriza bem a meta da Arueira Ambiental: inverter o ciclo do lixo, valorizando a reciclagem como uma fonte de receita e não como sinônimo de despesa que o termo carrega. Essa gangorra, apoiada pelo solo firme da conscientização ambiental da população, é impulsionada na direção rentável pelos sócios da Arueira, André Mantovani e Rui Signori, que, há dois anos, desenvolvem soluções para a gestão de resíduos em escolas, shoppings e edifícios corporativos e mistos.

Assinar este feed RSS