CTEEP paga JCP no total bruto de R$ 150 milhões

A CTEEP - Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista comunica que, conforme aprovação na 361ª Reunião do Conselho de Administração realizada no dia 13 de abril de 2020, procederá em 29 de abril de 2020 com o pagamento de juros sobre o capital próprio no valor total bruto de R$ 150.333.450,17, correspondente a R$ 0,228164 por ação de ambas as espécies.

Vivara posterga data de pagamento do JCP

Vivara Participações S.A. comunica que, em reunião realizada em 9 de abril de 2020, o Conselho de Administração da Companhia aprovou a postergação da data de pagamento dos juros sobre o capital próprio declarados na Reunião do Conselho de Administração realizada em 20 de dezembro de 2019, antes prevista para realizar-se em até 10 (dez) dias após a Assembleia Geral Ordinária de 2020, para o dia 15 de dezembro de 2020.

Banco da Amazônia paga JCP no dia 17 de abril

O Banco da Amazônia S/A comunica que o Conselho de Administração, em reunião do dia 01/04/2020 aprovou a distribuição de Juros sobre Capital Próprio (JCP) em substituição aos dividendos obrigatórios, relativos ao Exercício de 2019. Em conformidade com o prazo previsto em lei, o pagamento deverá ocorrer no dia 17/04/2020.

Monteiro Aranha aprova pagamento de Juros sobre Capital Próprio

A Monteiro Aranha S.A. comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que, em Reunião da Diretoria, realizada em 03 abril de 2020, foi aprovado o pagamento de juros sobre o capital próprio, no montante total de R$ 17.500.000,00, pagos à razão de R$ 1,428429052 por ação, calculados sobre 12.251.221 ações representativas do capital social.

Banco Inter aprova pagamento de Juros Sobre Capital Próprio

O Banco Inter S.A. (BIDI11) comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que, em 26 de março de 2020, foi aprovado em Reunião do Conselho de Administração do Banco, a declaração e o pagamento aos acionistas de juros sobre o capital próprio no valor bruto total de R$ 16.266.492,56, equivalentes a R$ 0,023067034 por ação (R$ 0,069201102 por Unit), com retenção de 15% a título de Imposto de Renda Retido na Fonte, exceto para os acionistas que sejam comprovadamente imunes ou isentos, a serem imputados, ad referendum da Assembleia Geral Ordinária, aos dividendos mínimos obrigatórios devidos aos acionistas do Banco.

Assinar este feed RSS