Moody´s reafirma rating da Eletrobras em Ba3

A Eletrobras anunciou que a agência de classificação de risco Moody´s reafirmou o rating da Companhia em “Ba3” e alterou a perspectiva de estável para positiva. Simultaneamente, a agência também reafirmou a avaliação de crédito básica da empresa (BCA) em “b1”.

(Redação – Investimentos e Notícias)

Vale tem classificação de risco elevada pela Moody´s

A Vale informa que a Moody's Investors Service elevou a classificação de risco da Vale de Ba1 para Baa3. Desse modo, a Vale passa a ter, novamente, classificação correspondendo ao grau de investimento pelas quatro maiores agências de classificação de risco do mundo. Atualmente, a Vale possui classificação de risco BBB- pela Standard & Poor's Ratings Services (S&P), BBB (low) pela Dominion Bond Rating Service (DBRS), BBB+ pela Fitch Ratings e Baa3 pela Moody's.

Moody's muda perspectiva da Petrobras para estável

A agência Moody's elevou o rating da Petrobras (SA:PETR4) para B2 e mudou a perspectiva para estável.

A melhora na nota se deu devido as melhorias no perfil de liquidez da companhia e no ambiente regulatório do Brasil nos últimos meses.

De acordo com a Agência, a Petrobras terá nos próximos 12 a 18 meses uma melhora na liquidez no riscos de crédito em geral.

(Pamella Cajano - Agência IN)

Tesouro quita dívida do estado do Rio com agência internacional

O Tesouro Nacional quitou, na semana passada, a dívida de US$ 8,3 milhões (em torno de R$ 30 milhões) do estado do Rio de Janeiro com a agência francesa de fomento, informou hoje (30) o secretário da pasta, Otávio Ladeira. O valor do débito, no entanto, será abatido da parcela do Fundo de Participação dos Estados (FPE) a que o governo fluminense tem direito.

Agência Moody's retira grau de investimento do Brasil

A agência de classificação de risco Moody's retirou hoje (24) o grau de investimento do Brasil, o que funciona como garantia de que o país não dará calote na dívida pública. Ela rebaixou o Brasil para Ba2, a segunda nota do grau especulativo. Entre as três maiores agências de classificação de risco, a Moody's era a única que ainda não tinha tirado o selo de bom pagador, que estava em Baa3, último nível do grau de investimento. Além do rebaixamento, a agência colocou o país em perspectiva negativa, o que significa que pode reduzir ainda mais a classificação do país nos próximos meses.

Moody´s anuncia que pode reduzir nota da dívida brasileira

A agência de classificação de risco Moody's poderá revisar para baixo a nota da dívida pública brasileira. No fim da tarde de hoje (9), a agência anunciou que mudou para negativa a perspectiva da classificação do país. Caso o Brasil seja rebaixado, perderá o grau de investimento, garantia de que o país não corre o risco de dar calote na dívida pública.

Moody´s rebaixa BTG Pactual para grau especulativo

A agência de classificação de risco Moody's rebaixou a nota do banco BTG Pactual de grau de investimento para especulativo. A nota (rating) de crédito do banco caiu dois degraus: passou de Baa3, última nota de grau de investimento, para Ba2, segunda nota do grau especulativo. A agência colocou o BTG em revisão para rebaixamento no último dia 25 e informou hoje que mantém o banco em análise.

Assinar este feed RSS