Omega anuncia distribuição de ações ordinárias

  •  
Omega anuncia distribuição de ações ordinárias (Foto: Pexels) Omega anuncia distribuição de ações ordinárias

A Omega Geração anunciou que foram aprovados, no âmbito da oferta pública de distribuição primária com esforços restritos de ações ordinárias, nominativas, escriturais, sem valor nominal, livres e desembaraçadas de quaisquer ônus ou gravames, de emissão da Companhia (“Ações” e “Oferta”): o preço por Ação de R$30,00 (“Preço por Ação”); o efetivo aumento do capital social da Companhia, dentro do limite do capital autorizado, no montante total de R$830.769.240,00, mediante a emissão de 27.692.308 novas Ações da Companhia; e a homologação do novo capital social da Companhia.

Em razão do aumento do capital social, no contexto da Oferta, o capital social passou de R$1.831.734.699,76, dividido em 137.156.999 ações ordinárias, todas nominativas, escriturais e sem valor nominal, para R$2.662.503.939,76, dividido em 164.849.307 ações ordinárias, todas nominativas, escriturais e sem valor nominal.

Aprovações Societárias

A realização da Oferta, com a exclusão do direito de preferência dos então atuais acionistas da Companhia, nos termos do artigo 172, inciso I, da Lei das Sociedades por Ações e do artigo 8º, § 1º, do estatuto da Companhia, e seus termos e condições foram aprovados pelo Conselho de Administração da Companhia, em reunião realizada em 11 de setembro de 2019, cuja ata será arquivada na Junta Comercial do Estado de Minas Gerais (“JUCEMG”) e publicada no Diário Oficial do Estado de Minas Gerais e no jornal “Diário do Comércio (Belo Horizonte)” (“Jornais de Publicação”).

O Preço por Ação, o efetivo aumento de capital da Companhia, dentro do limite do capital autorizado previsto em seu estatuto social, e a homologação do aumento de capital foram aprovados em reunião do Conselho de Administração da Companhia realizada em 25 de setembro de 2019, cuja ata será arquivada na JUCEMG e publicada nos Jornais de Publicação.

Oferta 

A Oferta consiste na distribuição primária com esforços restritos de 27.692.308 Ações, distribuídas na República Federativa do Brasil, em mercado de balcão não organizado, nos termos da Lei nº 6.385, de 7 de dezembro de 1976, conforme alterada (“Lei do Mercado de Valores Mobiliários”), da Instrução CVM 476, do Código ANBIMA de Regulação e Melhores Práticas para Estruturação, Coordenação e Distribuição de Ofertas Públicas de Valores Mobiliários e Ofertas Públicas de Aquisição de Valores Mobiliários em vigor desde 3 de junho de 2019 (“Código ANBIMA”) e demais disposições legais aplicáveis, incluindo o Regulamento do Novo Mercado da B3 S.A. – Brasil, Bolsa, Balcão (“B3”) em vigor desde 2 de janeiro de 2018 (“Regulamento do Novo Mercado”) e o Ofício Circular 087/2014-DP, emitido pela B3 em 28 de novembro de 2014 (“Ofício Circular B3 087/2014-DP”), sob a coordenação de Bank of America Merrill Lynch Banco Múltiplo S.A. (“Coordenador Líder”), Banco de Investimentos Credit Suisse (Brasil) S.A. (“Credit Suisse”), Banco BTG Pactual S.A. (“BTG Pactual”), XP Investimentos Corretora de Câmbio, Títulos e Valores Mobiliários S.A. (“XP”) e Banco Santander (Brasil) S.A. (“Santander” e, em conjunto com o Coordenador Líder, o Credit Suisse, o BTG Pactual e a XP, “Coordenadores da Oferta”), nos termos do contrato de distribuição da Oferta, celebrado em 25 de setembro de 2019 entre a Companhia e os Coordenadores da Oferta (“Contrato de Distribuição”).

Simultaneamente, no âmbito da Oferta, foram realizados esforços de colocação das Ações no exterior, por BofA Securities, Inc., BTG Pactual US Capital, LLC, Credit Suisse Securities (USA) LLC, XP Securities, LLC e Santander Investment Securities Inc. (“Agentes de Colocação Internacional”), nos termos do “Placement Facilitation Agreement”, celebrado entre a Companhia e os Agentes de Colocação Internacional (“Contrato de Colocação Internacional”), para Investidores Estrangeiros (conforme definido no Fato Relevante da Oferta).

Ações Adicionais

A critério da Companhia, em comum acordo com os Coordenadores da Oferta, a quantidade de Ações inicialmente ofertada poderia ter sido, mas não foi, acrescida em até 35% do total de Ações inicialmente ofertadas, ou seja, em até 9.692.307 Ações, nas mesmas condições e pelo mesmo preço das Ações inicialmente ofertadas, nos termos do Contrato de Colocação, para atender a eventual excesso de demanda que fosse constatado no momento da fixação do Preço por Ação no âmbito do Procedimento de Bookbuilding.

Preço por Ação 

O Preço por Ação foi fixado após a conclusão do procedimento de coleta de intenções de investimento realizado exclusivamente junto a Investidores Institucionais Locais (conforme definido no Fato Relevante da Oferta), no Brasil, pelos Coordenadores da Oferta, e, no exterior, junto a Investidores Estrangeiros, pelos Agentes de Colocação Internacional, tendo como parâmetro: (i) a cotação de fechamento das ações ordinárias de emissão da Companhia na B3 na data de fixação do Preço por Ação; e (ii) as indicações de interesse em função da qualidade e quantidade da demanda (por volume e preço) pelas Ações, coletadas junto a Investidores Institucionais (conforme definido no Fato Relevante da Oferta) (“Procedimento de Bookbuilding”), e aprovado pelo Conselho de Administração da Companhia.

(Redação – Investimentos e Notícias)