IPO da locadora Vamos é cancelada pela JSL

  •  
IPO da locadora Vamos é cancelada pela JSL Foto: Divulgação

A empresa de logística JSL desistiu de realizar a IPO, (oferta pública inicial de ações) da locadora de equipamentos e caminhões Vamos.

 

Segundo informações, o motivo da desistência teria sido motivado pela falta de investidores interessados em pagar o valor pretendido pela companhia.

A precificação das ações estava prevista para sair esta segunda-feira, 29. No entanto, como não havia demanda suficiente para os preços entre R$ 17 a R$ 21, a dona da Vamos desistiu de abrir o capital de sua controlada.

Vale lembrar que a IPO da Vamos seria a segunda oferta inicial de 2019 na B3, após a abertura de capital da varejista de material e vestuário esportivo Centauro.

O prospecto da IPO, que foi divulgado na quarta-feira passada, 24, apontava que a JSL tinha uma expectativa de captar cerca de R$ 1,2 bilhão, e que até chegou a atingir o patamar esperado. No entanto, a maioria eram de ordens de varejo e logo em seguida foi reduzida.

O coordenador-líder da operação era o Bradesco BBI, mas a companhia contava com a participação das entidades financeiras BTG Pactual, Santander, Bank of America Merrill Lynch, a corretora XP, BB Investimentos, Caixa e Credit Suisse.

Depois do anúncio de cancelamento, as ações da JSL despencaram na bolsa de valores e estavam sendo cotadas a R$ 10,07, queda de 4,1% por volta das 16 horas. A locadora de carros Movida (SA:MOVI3), outra empresa do grupo, subia 0,77% a R$ 11,84.

(Redação - Investimento e Notícias)