Fitch rebaixa IDRs da USJ para RD

  •  
Fitch rebaixa IDRs da USJ para RD (Foto: Pexels) Fitch rebaixa IDRs da USJ para RD

A Fitch Ratings rebaixou os IDRs (Issuer Default Ratings - Ratings de Inadimplência do Emissor) de Longo Prazo em Moedas Estrangeira e Local da U.S.J. - Açúcar e Álcool S.A. (USJ) para 'RD', de 'C', e o Rating Nacional de Longo Prazo para 'RD(bra)', de 'C(bra)'. Ao mesmo tempo, a Fitch afirmou o rating 'C'/'RR4' das notas seniores com garantias, no montante de USD248 milhões, da USJ e de suas notas seniores sem garantias reais no montante de USD29 milhões, com vencimento em 2019.

O rebaixamento reflete o aceite, por investidores, de uma oferta de troca de dívida das notas da USJ sem garantias, com vencimento em 2019 e cupom de 9,875%, e das notas PIK toggle seniores, com garantia e cupom de 9,875%/12,0% e vencimento em 2021, por notas PIK seniores com garantias, a serem emitidas com cupom de 8,5%/9,875% e vencimento em 2023. 

A oferta obteve 95,15% de adesão, sendo 69,95% para as notas com vencimento em 2019, que atualmente tem USD29 milhões em circulação, e 98,40% para as com vencimento em 2021, com montante atual de USD248 milhões. 

As adesões foram superiores aos patamares mínimos exigidos de 67% das notas com vencimento em 2019 e de 95% das com vencimento em 2021. Não houve descontos (haircuts). De acordo com a metodologia da Fitch, a oferta configura uma troca de dívida em situação crítica (distressed debt exchange - DDE), uma vez que enfraquece as condições originais dos investidores enquanto a companhia tenta evitar uma inadimplência.

De acordo com os termos das novas notas, a USJ poderá adiar os pagamentos dos cupons com vencimento em 2019 e pagar juros acruados no vencimento, que foi prorrogado para 2023.

A Fitch revisará os ratings assim que as consequências da DDE para a liquidez e a estrutura de capital da companhia ficarem mais claras.

O perfil de crédito da USJ é pressionado por suas operações no setor altamente volátil de açúcar e etanol, cujos riscos estão acima da média. A companhia também apresenta fraco fluxo de caixa, com fluxo de caixa das operações (CFFO) no ponto de equilíbrio e fluxo de caixa livre (FCF) negativo de BRL156 milhões no período de 12 meses encerrado em 31 de dezembro de 2018. A USJ também apresenta alta alavancagem, com índices dívida total ajustada/EBITDAR e dívida líquida ajustada/EBITDAR de 7,6 vezes e de 7,1 vezes, respectivamente, no final do mesmo período.

(Redação – Investimentos e Notícias)