Fitch eleva ratings da Ouro Verde

  •  
Fitch eleva ratings da Ouro Verde (Foto: Pexels) Fitch eleva ratings da Ouro Verde

A Fitch Ratings elevou os IDRs (Issuer Default Ratings - Rating de Inadimplência do Emissor) de Longo Prazo em Moedas Estrangeira e Local da Ouro Verde Locação S.A. para 'B', de 'RD', e o o Rating Nacional de Longo Prazo da companhia e o rating de sua sétima emissão de debêntures para 'BBB(bra)', de 'RD(bra)'. A Perspectiva dos ratings corporativos é Positiva. 

A elevação reflete a melhora do perfil financeiro da Ouro Verde após suas ações serem integralmente adquiridas pela Brookfield Asset Management, Inc (Brookfield), e a injeção de BRL500 milhões no caixa da companhia. A ação de rating também reflete a conclusão da reestruturação da dívida da empresa, com o alongamento dos vencimentos da dívida até 2034 e a redução das taxas de juros.

A Perspectiva Positiva reflete a percepção da Fitch de que a recuperação da Ouro Verde deve ocorrer nos próximos 12 a 24 meses como resultado da aquisição da companhia pela Brookfield e da melhora de sua liquidez.

Em 8 de julho de 2019, o Cedar Fundo de Investimento em Participações Multiestratégia (Cedar), um veículo de investimento da Brookfield no Brasil, adquiriu 100% das ações e direitos de voto da Ouro Verde. Na mesma data, a companhia recebeu um aporte de BRL500 milhões no seu caixa e concluiu a reestruturação da dívida relativa a suas quinta, sexta, sétima e oitava emissões de debêntures. O aporte foi composto por um aumento de capital de BRL365 milhões e de pagamento de um recebível de BRL135 milhões do acionista controlador anterior.

(Redação - Investimentos e Notícias)