Fitch anuncia ratings BB-/A+(bra) da Azul

  •  
Fitch anuncia ratings BB-/A+(bra) da Azul (Foto: Pexels) Fitch anuncia ratings BB-/A+(bra) da Azul

A Fitch Ratings publicou os IDRs (Issuer Default Ratings - Rating de Inadimplência do Emissor) em Moeda Local e Estrangeira e o Rating Nacional de Longo Prazo 'A+(bra)' (A mais (bra)) da Azul S.A.. Ao mesmo tempo, a Fitch publicou o rating ''BB-' (BB menos)/'RR4' da emissão de USD400 milhões em notas seniores sem garantia, com vencimento em 2024, da Azul Investments LLP, que são garantidas pela Azul e pela Azul Linhas Aéreas Brasileiras. A Perspectiva dos ratings corporativos é Estável.

Os ratings da Azul são suportados por sua forte posição no mercado regional doméstico brasileiro de linhas aéreas e por sólidas margens operacionais, que, no entanto, são limitadas por sua baixa diversificação geográfica e pela exposição cambial. As classificações refletem a expectativa de melhora do perfil de risco de crédito da Azul em 2019-2020, decorrente de fundamentos mais sólidos da indústria aérea do Brasil, de maior geração de fluxo de caixa operacional e da tendência de desalavancagem da companhia, que mantém seu compromisso de manter elevados índices de liquidez, reduzindo exposição a riscos de refinanciamento. Os ratings também consideram a vulnerabilidade da geração de fluxo de caixa da empresa a variações de preço de combustíveis e os riscos inerentes ao setor aéreo, bem como a capacidade da Azul de manter suas margens operacionais, com base em sua liderança nos mercados onde atua.

A Perspectiva Estável reflete a expectativa da Fitch de que a Azul continuará gerenciando seus crescentes negócios de maneira conservadora, mantendo a atual tendência de desalavancagem. O cenário-base da Fitch projeta índices alavancagem total ajustada/EBITDAR em torno de 4,5 vezes de alavancagem líquida ajustada em torno de 4,0 vezes em 2019-2020 - o que já representa uma importante desalavacangem em relação aos índices de 5,4 vezes e 4,6 vezes de 2018.

(Redação - Investimentos e Notícias)