Dados dos EUA agradam e Ibovespa sobe 1,27%

  •  
Dados dos EUA agradam e Ibovespa sobe 1,27% (Foto: Divulgação) Dados dos EUA agradam e Ibovespa sobe 1,27%

O principal índice acionário da B3, o Ibovespa, avança nesta sexta-feira, 09, com dados dos Estados Unidos acima do esperado. Há pouco, o índice, operava com alta de 1,27%, aos 86.063 pontos.

De acordo com relatório diário da Lerosa Investimentos, o mercado acompanha o exterior, em dia de divulgação de indicadores mistos de inflação, com IPCA dentro do esperado e no acumulado em 12 meses ainda abaixo do piso da meta do Banco Central, reforçando provável nova redução da taxa Selic e alta na prévia do IGP-M. Ainda no radar, indicadores nos EUA e cenário eleitoral em aberto, com 12 pré-candidaturas presidenciais já anunciadas.

Entre as oscilações positivas em destaque na sessão estão os papéis da Embraer (ON) que avançavam 6,36% e a Localiza (ON) que apresentavam alta de 4,48%. Em contrapartida, entre os destaques negativos, estão os papéis da Fibria (ON), que decaíram 1,03% e da Smiles (ON) que recuavam 1,00%.

Agenda

O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) subiu 0,60%, no primeiro decêndio de março, segundo dados da Fundação Getulio Vargas (FGV). No mês anterior, para o mesmo período de coleta, este índice havia subido 0,16%.

Por outro lado, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de fevereiro variou 0,32%, superando em 0,03 ponto percentual (p.p.) o resultado de janeiro (0,29%). O grupo Educação, com alta de 3,89% e impacto de 0,19 p.p., dominou o IPCA, sendo responsável por 59% dele.

Exterior

No exterior, a economia dos Estados Unidos registrou a criação de 313 mil postos de trabalho em fevereiro deste ano, na comparação com o mês anterior, segundo informações divulgadas hoje pelo Departamento do Trabalho do país. 

Contudo, a renda por hora trabalhada subiu 0,1% em fevereiro, contra 0,3% em janeiro. A média de horas trabalhadas por semana foi de 34,5 horas, em linha com o projetado pelo mercado.

(Redação – Investimentos e Notícias)