CPFL encerra prazo para subscrição de sobras

  •  
CPFL encerra prazo para subscrição de sobras (Foto: Pexels) CPFL encerra prazo para subscrição de sobras

A CPFL Energias Renováveis anunciou que o prazo para subscrição de sobras das ações ordinárias a serem emitidas no âmbito do Aumento de Capital iniciou-se em 8 de maio de 2019, inclusive, e encerrou-se em 14 de maio de 2019, inclusive (“Período de Subscrição de Sobras”).

Durante o Período de Subscrição de Sobras, foram subscritas um total de 8.473.772 ações ordinárias, nominativas, escriturais e sem valor nominal, de emissão da Companhia, ao preço de emissão de R$ 17,14 por ação, totalizando o valor de R$ 145.240.452,08.

Visto que a quantidade de ações subscritas durante os períodos de exercício do direito de preferência e de subscrição de sobras superou as 17.502.917 ações ordinárias, num valor total de R$300 milhões, cuja subscrição era necessária para a homologação do Aumento de Capital parcialmente subscrito, conforme 1° Aviso aos Acionistas (“Subscrição Mínima”), e eventuais sobras de ações não subscritas após a subscrição e rateio de sobras serão canceladas, não será realizada a venda em bolsa de valores prevista no artigo 171, § 7°, alínea “a” da Lei das S.A.

Uma vez que foi possível condicionar a subscrição do Aumento de Capital, nos termos dos Avisos aos Acionistas, não será concedido prazo adicional para a retratação da decisão de investimento.

No âmbito do Aumento de Capital, foi subscrito um total de 17.503.602 novas ações ordinárias, nominativas, escriturais e sem valor nominal, no valor total de R$ 300.011.738,28, correspondentes a 99,94617721162% das ações disponíveis para subscrição no âmbito do Aumento de Capital.

Considerando o fim do Período de Subscrição de Sobras no âmbito do Aumento de Capital e o atingimento da Subscrição Mínima, será realizada, oportunamente, reunião do Conselho de Administração da Companhia para homologar o Aumento do Capital.

As ações subscritas correspondentes às sobras subscritas durante o Período de Subscrição de Sobras serão emitidas e creditadas em nome dos subscritores em até três dias úteis após a homologação do Aumento de Capital pelo Conselho de Administração da Companhia.

(Redação – Investimentos e Notícias)