Bradesco vê suas ações despencarem após aquisição do BAC Florida Bank

  •  
Bradesco vê suas ações despencarem após aquisição do BAC Florida Bank Foto: Divulgação

Após anunciar a aquisição do norte-americano BAC Florida Bank, o Bradesco (SA:BBDC4) viu suas ações despencarem na bolsa de valores de São Paulo. Os papéis do banco fecharam em queda de 3,25%, a R$ 30,70.

A instituição é o segundo maior banco privado do Brasil e hoje, 6, anunciou sua primeira aquisição internacional. O valor da compra ficou em cerca de US$ 500 milhões e a estratégia da empresa foi tentar reduzir a distância que há entre ela e seus concorrentes.

Após a compra, o Bradesco afirmou que seu objetivo será fornecer uma ampla variedade de serviços financeiros nos Estados Unidos para clientes do banco, além de conquistar novos clientes sua nova aquisição.

O problema é que os investidores parecem não ter recebido a notícia com entusiasmo e bons olhos, o que fez a companhia ter uma forte queda na B3.

O BAC Florida é controlado pelo Grupo Pellas, fundado em 1877 na Nicarágua e hoje tem sede em Coral Gables.

Segundo o Bradesco, os clientes de private banking do banco demandam cada vez mais diversificação e maior acesso a produtos globais, por isso a aquisição.

O BAC Florida encerrou 2018 com ativos totais de US$ 2,2 bilhões e lucro líquido de US$ 29 milhões. Um de seus principais segmentos de negócios é financiamento imobiliário.

(Redação - Investimentos e Notícias)