Banco Inter comemora um ano de IPO com recorde de valorização na Bolsa

  •  
Banco Inter comemora um ano de IPO com recorde de valorização na Bolsa Foto: Divulgação Banco Inter comemora um ano de IPO com recorde de valorização na Bolsa

Um ano depois de abrir o capital na B3 com uma oferta inicial de R$ 18,50 por ação, o Banco Inter, único banco brasileiro que combina uma conta completa, 100% digital e gratuita, acumula uma valorização recorde de 246% na Bolsa, com os papéis valendo R$ 64 na cotação desta segunda-feira (29/04).

Desde o IPO, o número de correntistas do banco digital registrou alta de 273%, passando de 536 mil para mais de 2 milhões. Além disso, o número de clientes que investem por meio da Plataforma Aberta Inter (PAI) cresceu 238%, passando de pouco mais de 52 mil para mais de 176 mil.

Com o desempenho, o Banco Inter entrou nos índices da B3, IBrA, IG, ITAG, IGCT e IFNC, que medem o retorno dos papéis e atestam os níveis de governança das empresas listadas. Em 19 de março deste ano, a instituição atingiu R$ 80,5 milhões em volume negociado na Bolsa.

De acordo com o CEO, João Vitor Menin, o desempenho das ações está diretamente ligado à proposta de valor do banco. “Os acionistas estão acompanhando o nosso crescimento e investindo no projeto”, explica. “Nossa proposta de valor é muito forte. As pessoas usam, gostam e recomendam. Hoje, nós temos 2 milhões de propagadores do produto. Isso nos leva a crer que podemos continuar crescendo no mesmo ritmo”, complementa.

No primeiro trimestre do ano, o Net Promoter Score (NPS) do Banco Inter, que avalia a satisfação dos clientes, foi de 71 pontos, o maior do mercado financeiro.

(Redação - Investimentos e Notícias)