B3 integra o índice de sustentabilidade FTSE4Good Latin America

  •  
B3 integra o índice de sustentabilidade FTSE4Good Latin America (Foto: Pexels) B3 integra o índice de sustentabilidade FTSE4Good Latin America

A B3 foi selecionada, pelo segundo ano consecutivo, para integrar o índice FTSE4Good Latin America que avalia o desempenho de empresas quanto às suas políticas e práticas ambientais, sociais e de governança corporativa (ESG, na sigla em inglês). 

O indicador, criado pelo fornecedor de índices internacionais FTSE Russell, é da família do reconhecido índice de sustentabilidade da Bolsa de Londres, FTSE4Good, lançado no mercado em 2001 e o segundo do tipo do mundo. Para essa indicação, a B3 foi avaliada com base em dados públicos e de forma independente, de acordo com os critérios do índice, cumprindo todos os requisitos para integrar a carteira, que inclui empresas da América Latina.

“Esta é mais uma conquista de grande orgulho para nós. Os índices de sustentabilidade são cada vez mais utilizados por investidores do mundo para identificarem companhias que possuem robustas práticas ambientais, sociais e de governança corporativa”, comenta Sonia Favaretto, diretora de Imprensa, Comunicação, Sustentabilidade e Investimento Social da B3.

A B3 foi a primeira Bolsa do mundo a se tornar signatária do Pacto Global da ONU (2004), a primeira Bolsa de um país emergente a se comprometer oficialmente com os Princípios para o Investimento Responsável – PRI (2010) e a primeira Bolsa das Américas a se tornar signatária dos Princípios de Empoderamento das Mulheres – WEPs (2017). No movimento de bolsas de valores, a B3 foi signatária fundadora, em 2012, da iniciativa Sustainable Stock Exchanges – SSE no âmbito da ONU e, desde 2014, é membro do Grupo de Trabalho de Sustentabilidade - SWG da Federação Mundial de Bolsas (WFE).

(Redação - Investimentos e Notícias)