B3 inicia negociação do Perfin Apollo Energia

  •  
B3: B3 inicia negociação do Perfin Apollo Energia (Foto: Pexels) B3: B3 inicia negociação do Perfin Apollo Energia

A B3 realizou nesta segunda-feira o toque de campainha simbólico, marcando o início das negociações do Perfin Apollo Energia, Fundo de Investimento em Participações em Infraestrutura. A oferta tem como coordenador líder o BTG Pactual. O banco Safra, Itaú BBA e Credit Suisse, são outros coordenadores da oferta. O produto marca o primeiro fundo da gestora, listado na B3.

O FIP tem em seu portfólio ativos de linhas de transmissão de energia na Bahia, Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo, Rio de Janeiro e Mato Grosso. O produto tem grande aderência para investidores pessoa física uma vez que possui o benefício fiscal de isenção de imposto de renda nos rendimentos e ganho de capital.

Para Gilson Finkelsztain, presidente da B3, 2020 começou em ritmo acelerado, refletindo o final de 2019. “Terminamos o ano passado com um aumento de 102% no número de investidores e se olharmos apenas as pessoas físicas, batemos a marca de 1,6 milhão de contas na nossa depositária. Além disso, 68 novos fundos iniciaram suas negociações aqui na B3. São números impressionantes e dão a dimensão do processo de mudança que estamos vivendo, mas os números também falam da nossa responsabilidade e do caminho que temos que percorrer para oferecer às empresas um mercado de capitais profundo, líquido, com elevada segurança operacional e capaz de ser a melhor fonte de financiamento para os projetos que vão desenvolver o país”, aponta Gilson.

“Neste contexto, fundos de infraestrutura como o que a Perfin começa a negociar hoje, com um portfólio de ativos de linhas de energia em todo o país, são exemplos de como podemos avançar”, completa o executivo.
Mesmo sendo um produto restrito a investidores qualificados, atualmente há 13 FIPs listados com mais de 6,2 mil investidores com posição em custódia na B3.

(Redação – Investimentos e Notícias)