Network e a sua carreira

Network e a sua carreira Foto: Divulgação Network e a sua carreira

Network é uma expressão em alta atualmente, mas sabemos o que de fato ela significa? Quais são as implicações na carreira ao se ter uma network? E o que é preciso fazer para ter uma network?

Todos esses questionamentos são necessários para entendermos a importância dessa ferramenta de relacionamento, que compartilha recursos e contatos e que tanto contribui para o nosso desenvolvimento de carreira. E para começar, vale entender o que é network. 

Network é uma palavra em inglês que indica a capacidade de estabelecer uma rede de contatos ou uma conexão com algo ou alguém. É considerada uma rede de relacionamentos profissionais, que nos possibilita ter acesso às pessoas visando uma troca de ajuda profissional. É a busca e manutenção de relacionamentos que trazem benefícios mútuos. Ou seja, é uma via de mão dupla, pois eu recebo, mas também preciso dar.

Para estabelecer essa rede de relacionamentos é preciso paciência, pois fazer networking requer tempo, é algo a ser construído em longo prazo. Além disso, é desenvolvido através de relações que são construídas de forma constante e que vão se solidificando através do contato, do reconhecimento das competências profissionais, estabelecendo laços de respeito e confiança entre as pessoas, de forma madura e recíproca. Mas vale ressaltar que um profissional, além de uma boa rede de relacionamentos, precisa desenvolver suas habilidades e competências técnicas, bem como seu capital intelectual. Com tudo isso, o profissional tem todas as “cartas” na mão que vão lhe auxiliar no desenvolvimento de seu marketing pessoal e na construção de sua carreira. 

Construir a carreira é também caminhar junto com outras pessoas, mantendo contatos e parcerias constantes. Não somos sozinhos no mundo, por isso não há motivos para se desenvolver profissionalmente de forma isolada. Contudo, fazer networking é estabelecer conexões. O mundo é conectado, consequentemente, as pessoas também serão.

E pensando em conexões, não podemos deixar de lembrar a importância da internet na criação de nossa rede de relacionamentos. A internet expandiu a network, seja através das redes sociais, dos fóruns e dos sites de conteúdos profissionais. E mantendo um limite de utilidade pessoal e profissional, a internet é um ótimo recurso para se atualizar sobre o que acontece na sua área, discutir sobre diversos temas e fazer novos contatos. Porém, nunca devemos substituir o contato virtual pelo físico. A interação pessoal é extremamente importante para nos aproximar das pessoas de forma mais sólida e consistente.

E para criar as conexões e fazer um networking, não é necessário ter um contato com um profissional que seja o “grande nome” no mercado ou na área, é preciso dar um passo de cada vez e para isso basta começar pelas pessoas que você conhece, seus familiares, os amigos, colegas de faculdade, da empresa em que trabalha. São as pessoas que fazem parte do seu círculo, para que assim você consiga aumentar a sua rede. Com isso as oportunidades vão surgindo pelos contatos e consequentemente, pelo “boca a boca”. 

E de que forma podemos aproveitar a network para potencializar e desenvolver a nossa carreira? Vamos a algumas dicas:

ü A primeira impressão é a que fica. Sendo assim, cuide de sua imagem pessoal e profissional.

ü Networking não é pedir emprego. É se relacionar, compartilhar e adquirir novos conhecimentos e ideias, ajudar e ser ajudado. É beneficiar e obter benefícios a partir das relações criadas. Ser indicado para uma oportunidade de trabalho será uma consequência dessas ações. 

ü Expandir seus contatos além de sua zona de conforto. Aproveite os contatos existentes para aumentar a sua rede, fazendo assim as conexões.

ü Seja paciente. Os resultados de um networking “bem feito” serão percebidos a longo prazo. As relações que são construídas com as pessoas não têm resultados imediatos, é preciso tempo para se solidificarem.

ü Participe de redes sociais, principalmente as profissionais, como o LinkedIn.

ü Participação em eventos, feiras e conferências, é interessante quando não se sabe por onde começar, pois é um primeiro contato que pode ser estabelecido. Mas não podemos esquecer, que não basta o contato feito nos eventos, é necessário fortalecer a relação criada, posteriormente.

    Além de todas essas dicas, nunca se esqueça que além das redes de relacionamentos criadas, o mais importante é se desenvolver, fazer o seu marketing pessoal, mostrar-se para as pessoas e para o mercado. Faça a sua imagem e o seu nome. Os resultados obtidos serão consequência das suas ações. Portanto, está em suas mãos.


carreiras camilaCamila Luisa Malta Silva - Analista de Carreiras da Faculdade Ibmec, Psicóloga, Pós graduada em Gestão de Recursos Humanos, com experiência em orientação profissional, planejamento e desenvolvimento de carreira.

Última modificação emTerça, 06 Dezembro 2016 10:43
Equipe Carreiras

Lais Santos Alves - Especialista em Carreiras da Faculdade Ibmec.
Fernanda Schroder Gonçalves  - Gerente Nacional de Carreiras da DeVry Brasil.
Cynara Moreira Bastos Nazareth - Coordenadora de Carreiras do Ibmec Minas em Belo Horizonte.
Camila Luísa Malta Silva - Especialista em Carreiras da Faculdade Ibmec.

Website.: www.investimentosenoticias.com.br/blogs/carreiras