A importância do controle emocional no ambiente de trabalho

  •  
A importância do controle emocional no ambiente de trabalho Foto: Divulgação A importância do controle emocional no ambiente de trabalho

Ter um bom currículo é imprescindível para conseguir se destacar no mercado de trabalho. Mas ter uma grande experiência profissional, uma excelente qualificação, saber falar alguns idiomas e cursos extracurriculares não são condições suficientes para ter sucesso profissional. As competências comportamentais e a falta de controle emocional podem atrapalhar e muito um profissional que queira se sobressair no mercado.

A correria do dia a dia, a pressão do trabalho, decisões a serem tomadas, metas a serem cumpridas, projetos a serem realizados e outros momentos de estresse são muito comuns para perder o controle e esse nervosismo pode afetar inteiramente a relação com os outros. Ser capaz de manter o autocontrole pode fazer toda diferença entre um trabalho bem-sucedido e circunstâncias de baixo desempenho e até mesmo no conflito com parceiros de trabalho, subordinados e líderes.

O autocontrole fortalece de forma expressiva as qualidades e habilidades do profissional, e ao mesmo tempo, reduz de forma significativa os defeitos e gaps de desenvolvimento. Não é possível controlar o mundo, mas o profissional deve criar condições de aprender a dominar as suas reações, mesmo diante das ocasiões mais estressantes.

A partir do momento que o profissional gerencia bem suas emoções, são grandes as chances dele se sentir bem no ambiente de trabalho. As empresas almejam e carecem de pessoas equilibradas, que saibam administrar e gerenciar o que acontece com elas profissionalmente e pessoalmente. Dentro de qualquer organização, são poucas as atividades realizadas isoladamente e, por isso emoções exacerbadas geram problemas onde o desempenho e produtividade são avaliados a todo o momento.

O controle das emoções é capacidade de gerenciar os sentimentos, sendo a habilidade de lidar com seus próprios sentimentos, emoções e reações, adequando-os para cada situação vivida. Procrastinar a satisfação e conter a impulsividade, saber confortar-se, conter-se a ansiedade, a frustração, a tristeza e a irritabilidade estão por trás de todo tipo de realização. Ao controlar as emoções a pessoa percebe o que está sentindo, identifica porque apresentou determinada reação e o que essa lhe trará de resultados, mediante o comportamento apresentado.

O autoconhecimento e auto-observação podem ser o primeiro passo para identificar o que aciona determinadas emoções negativas para aprender a neutralizá-las. É sabido, que o mundo corporativo cultiva a ilusão de que um bom profissional deve ser totalmente racional, entretanto as emoções estão presentes em qualquer situação de trabalho. A tentativa de negar sentimentos é um esforço fantasioso, pois eles farão parte do dia a dia de qualquer profissional.

Controlar as emoções não significa estar sempre calmo. O profissional deve se permitir vivenciar as emoções, inclusive as negativas, porém se faz necessário ter consciência das mesmas para vivenciar comportamentos adequados a cada situação.

O profissional que consegue gerir as emoções está mais disposto para dar e receber feedback, pois nesse processo são identificados pontos fortes e as competências técnicas e comportamentais que precisam ser desenvolvidas. Quando o profissional tem consciência em que ponto precisa melhorar, suas chances de ascensão profissional tornam-se reais e as chances de sobressair no mercado de trabalho também.

Fernanda Schroder Gonçalves - Profissional com experiência na área de Orientação e Planejamento de Carreira e Recursos Humanos. Atualmente é Gerente Nacional de Carreiras da DeVry Brasil.

Última modificação emSexta, 25 Novembro 2016 10:54
Equipe Carreiras

Lais Santos Alves - Especialista em Carreiras da Faculdade Ibmec.
Fernanda Schroder Gonçalves  - Gerente Nacional de Carreiras da DeVry Brasil.
Cynara Moreira Bastos Nazareth - Coordenadora de Carreiras do Ibmec Minas em Belo Horizonte.
Camila Luísa Malta Silva - Especialista em Carreiras da Faculdade Ibmec.

Website.: www.investimentosenoticias.com.br/blogs/carreiras