Moeda bitcoin supera o volume de negociação do ouro no Brasil

No primeiro semestre de 2016, o volume de negociações com a moeda digital bitcoin nas bolsas brasileiras ultrapassou o do ouro na BM&F. Mais de R$ 164 milhões foram movimentados nas bolsas da moeda digital durante o período, segundo o site BitValor . O ouro, por usa vez, teve cerca de R$ 153 milhões. Para se ter uma ideia, especificamente no mês de julho, o volume transacionado de bitcoin foi duas vezes maior que o metal dourado. A marca é considerada inédita e histórica, o que comprova o forte crescimento do bitcoin no Brasil.

CMN define regras para a retenção de cédulas e moedas de legitimidade duvidosa

O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou a Resolução nº 4.492, que obriga a retenção, pelas instituições financeiras, das cédulas e moedas metálicas nacionais de legitimidade duvidosa encontradas no numerário sob sua responsabilidade. E autoriza o BC a definir prazos para o envio desse numerário, nas condições estabelecidas em regulamentação própria que será editada posteriormente, caso não tenham sido objeto de requisição judicial ou policial.

Brasileiro guarda 7,4 bilhões de moedas

Os bolsos, cofrinhos e gavetas da população brasileira guardam 7,4 bilhões de moedas. De acordo com dados do Banco Central, o total de moedas acumuladas representa 32% das moedas emitidas até dezembro de 2015. Ou seja, de todo o volume de cédulas e moedas emitidas pela Casa da Moeda, um terço está retido pela população.

Ourominas oferece serviço de remessa ao exterior isento de IR

A Ourominas, empresa que atua no segmento de compra e venda de moedas estrangeiras e ouro, oferece um produto ágil e prático para a transferência de dinheiro entre países. Sem utilizar cartão de crédito ou conta bancária, usando apenas um documento de identificação com foto e comprovante de residência, amigos e familiares podem transferir a quantia em espécie para mais de 200 países, sem que incida sobre a operação o imposto de 25% para remessas ao exterior. A facilidade é fornecida pela MoneyGram, uma das maiores empresas de transferência de dinheiro do mundo, da qual a Ourominas é representante no Brasil.

UE quer abolir nota de 500 euros

Os países da União Europeia (UE) querem tirar de circulação a nota de 500 euros, utilizada em operações "desonestas", para financiar o terrorismo e lavar dinheiro, em vez de fazer compras.

Assinar este feed RSS