UZZO lança nova conta digital multimoedas

A UZZO, fintech que oferece soluções de pagamentos com a utilização de criptomoedas, lança um novo produto em sua conta digital multimoedas gratuita: a partir de agora é possível manter bitcoins na conta UZZO. A novidade permite o pagamento com criptomoedas em estabelecimentos espalhados por mais de 190 países. A conversão das criptomoedas é feita em tempo real na UZZO e o valor em reais é utilizado nas maquininhas dos comerciantes. A novidade resolve um dos maiores problema da criptoeconomia: a dificuldade em encontrar lugares que aceitem bitcoin ou outras criptos para pagamento. Apesar dos avanços da tecnologia, até hoje não era fácil usar bitcoin ou outra cripto para comprar algo.

 

Bitcoin pode chegar a valer US$ 65 mil

O bitcoin está superando as expectativas e alcançando valores que podem chegar a cotação de US$ 65 mil. Segundo especialistas do mercado, a criptomoeda pode bater esse valor até o final do ano, o que representaria um crescimento dez vezes maior que o valor atual da moeda virtual em circulação no mercado.

Prestação de informações passa a ser obrigatória para criptomoedas

Conforme Instrução Normativa da Receita Federal Nº 1.888, de 3 de maio de 2019, quem movimentar criptoativos (criptomoedas ou moedas virtuais) deverá enviar a prestação de conta ao governo de todas as informações dessa ação. O primeiro conjunto de informações referente ao tema deve ser entregue em setembro de 2019, contendo as operações realizadas em agosto de 2019.

Bitcoin hoje 06-11-2018 – queda de 0,37%

Segundo dados do site CoinMarketCap, a cotação do Bitcoin hoje estava em US$ 6.411,08 às 10h11, queda de 0,37% nas últimas 24 horas. Já o ether (ETH) ganhava 1,08% negociado a US$ 210,91. E o XRP estava nos US$ 0,52, com ganhos de 13,94%.

(Redação - Investimentos e Notícias)

  • Publicado em Bitcoins

Mercado Bitcoin identifica fatores que podem explicar a alta do bitcoin nas últimas 48 horas

A equipe de Economia do Mercado Bitcoin – corretora de criptomoedas – identificou possíveis indicativos que explicam a alta recente no preço do bitcoin, que, em menos de 48 horas, subiu mais de 10% na exchange, passando de R$ 25,8 mil, em 16 de julho, para um pico de R$ 29,2 mil, na tarde de 18 de julho de 2018. Além disso, a plataforma registrou transações de mais de 300 bitcoins nas últimas 24 horas, número três vezes maior que a média diária.

Bitcoin sobe e G20 segue no radar

Nesta quarta-feira, 21, os membros do G20 declararam que as moedas virtuais apresentam comportamento de ativos e com isso enxergam uma possibilidade de impostos de ganhos de capitais sobre lucros das criptomoedas. E diante deste cenário, é esperado que eles não tomem nenhuma ação forte em relação a elas.

Assinar este feed RSS