Bitcoin deve sofrer oscilação em janeiro, avalia especialista

Eleito por muitos analistas como o investimento mais rentável em 2017, o bitcoin tende a manter a valorização, essa é a previsão de Sergio Tanaka, empresário, investidor e especialista em criptomoeda. “Acredito que em curto e médio prazo a moeda tende a ter uma boa valorização. Vai sofrer sim, com as oscilações, principalmente no mês de janeiro, e depois tende a valorizar mais ainda”, afirma ele, que também é graduado em Tecnologia da Informação e possui especialização no mercado financeiro.

  • Publicado em Bitcoins

Gregos recorrem à moeda virtual na crise

Uma das consequências imediatas do calote ao FMI é o acesso restrito dos gregos aos fundos depositados em bancos, inclusive com limites diários de movimentação. Diante desse cenário, a organização sem fins lucrativos Trestor Foundation (www.trestor.org) criou um método para manter a valorização destes ativos financeiros com o uso de Trests, moeda virtual criptografada similar aos Bitcoins.

Tecnologia bitcoin alcança mais de 2 milhões de usuários

Apesar de já ter atingido mais de U$ 6 bi em valor de mercado e ser apontado no Vale do Silício como uma das inovações mais promissoras desde o surgimento da Internet, o Bitcoin segue sua jornada para deixar de ser um fenômeno de nicho. Atualmente, o perfil do usuário de bitcoin é composto basicamente por geeks e hipsters, nativos digitais que já conseguem imaginar uma vida financeira sem a presença de instituições financeiras tradicionais, que enxergam o bitcoin tanto como investimento quanto como meio de pagamento para suas compras em sites de comércio eletrônico e alguns estabelecimentos físicos. Hoje no mundo cerca de 60 mil negócios já aceitam a moeda digital como meio de pagamento.

Assinar este feed RSS